domingo, 30 de outubro de 2011

Matheus falando JÁÁÁÁÁÁÁÁÁAÁÁ´!

video
Matheus aos 8 meses e meio!
Amoooooooooo


Ana Paula Soares

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Crise de gargalhada no meio da madrugada....

Um dia destes tive uma crise de gargalhadas as 3:40 da manhã... Imaginem a cena:
André levantou da cama para colocar a chupeta no Matheus pois ele estava chorando e percebeu uma luz que vinha do andar de baixo da casa. Ele desceu e encontrou a porta de entrada aberta, sim escancarada!!! Deve ter ficado destrancada e o vento abriu, sei lá. Mas ele desceu, trancou a porta, deu uma olhadinha por cima na casa, subiu, abriu a porta do quarto da Isa, viu que estava tudo bem e deitou na cama me contando o que tinha acontecido. Aí, ele tentou dormir, não conseguiu, deu uma resmungada que não entendi o que, levantou, abriu a porta do armário dele, pegou alguma coisa e desceu.... Andou pela casa inteira, conferiu tudo e subiu. Quando ele deitou perguntei o que ele tinha feito, ele disse que tinha pego a espada samurai dele e tinha descido pra conferir.
Gente do céu, tive uma crise de gargalhada e não conseguia mais parar de rir, imaginem um homem daquele tamanho, só de shorts, andando pela casa com uma espada samurai na mão????????????????????????????????????????????????????
Foi hilário!!!!



Ana Paula Soares

domingo, 23 de outubro de 2011

Últimas Pérolas da Isabela

Faz tempo né gente....
Sabe, continuo escrevendo, adorando escrever e postar as pérolas da Isabela, mas tenho feito isso no facebook e acabo esquecendo de fazer aqui....
Mas vamos lá, vou tentar colocar as últimas pérolas....

Vou colocar desde o mês de agosto de 2011


Dia 03/08/2011
Isabela ontem a noite no carro:
- Mãe, coloca o cinto....
-Ja coloquei Isa, cuida da sua vidinha!
-Eu cuido da sua vidona tb porque vc cuida da minha vidinha....
- eu cuido da sua vidinha pq sou sua mãe!
isabela: - Tô nem aí!!!
Kkkkkkkkkkkkkkkkk

Dia 07/08/2011
Conversa de agora pouco:
- Isabela, para! Me obedeça!
- Nossa mãe, vc só manda em mim!
- Eu mando porque sou sua mãe.
-Ah, só porque você é mais velha né! Quando eu crescer aí eu vou ser sua mãe e mandar em vc!

Aí não aguentei e comecei a rir, ela disse:
- Vai querer filmar pra por no facebook né!!!!!!!


Dia 22/08/2011
Fui secar o cabelo e deixei a Isabela tomando conta do Matheus na minha cama. Quando eu voltei... Isabela disse: - Mamãe, o Mat bateu o brinquedo no meu olho, mas eu nem fiquei cega!!!
Kkkkkkkk
Ufa, que sorte!!!

Dia 23/08/2011
Fazendo a tarefa com a Isabela!!! Que torturaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa! É muito estressante.... como ela reclama.... 
- Tá difícil!!!
- Tô cansada!
- Minha mão tá doendo!!
Além de levantar zilhões de vezes da cadeira!!!!
Afffffff.

Dia 08/09/2011
Eu e Isabela estamos assistindo o novo filme da Barbie: Barbie em Escola de Princesas. O filme é tão fofo, vejo que ela está ficando emocionada quando a Barbie entra na escola de princesas e quando olho pra ela, ela me diz suspirando com os olhos marejados:
- Mãe, que filme lindo, to quase chorando de "esperança"!!! Kkkkkkkkkkk
Essa menina é demais! Inteligente, sensível, espirituosa... Amo muitoooooo....

Dia 18/09/2011
Isabela (5 anos) disse: 
- Mamãe, você sabia que não pode jogar lixo na rua, nem queimar mato? Sabe porque? Por que faz furo no Brasil e pelos furinhos passa o sol, e queima a gente, por isso que tem que passar protetor solar!
E olhou para mim com a maior cara de satisfação do mundo!!!!!! KKKKKKKK
Amo demais.........

Dia 27/09/2011
Isabela:
- Mãe, você sabia que "antigamente" existia dinossauro? E a Lara na minha escola achou um osso de dinossauro. Ela cavou um buraco e achou o osso, aí parecia de dinossauro, então a gente viu, ela me mostrou e a gente deixou lá para o Primeiro ano estudar! Não é minha vez ainda de estudar osso de dinossauro!
KKKKKKKKKKKK

Dia 28/09/2011
Perguntei para a Isabela se havia melhorado a alergia dela....
Isabela:
-mãe, na verdade, normalmente quando saio da escola coça, mas pra dizer a verdade agora não está coçando...
Kkkkkkk

Dia 28/09/2011
Fui passear no parquinho com as crianças quando na volta encontro meu pai, que diz: 
- Vai lá na sua irmã, sua mãe está lá!
Eu digo que não vou pois o Matheus já esta com sono e vou preparar as crianças para dormir e que o André só chega as 8:30.
A Isabela vira pra mim e diz:
- Mãe, ele não é seu pai? Então você tem que obedecer ele. Você não diz que tenho que obedecer meus pais? Então vamos na madrinha! 
KKKKKKKKKKKK, mereço!


Dia 02/10/2011 – Isabela com 5 anos e 3 meses e meio
Isabela:
- Mãe, eu ainda não decidi se vou ser médica! 
Eu:
- Ah é? Qual é a sua dúvida?
Isabela:
- Não sei se quero ser médica, ou guarda, ou pilota de avião.... Tava pensando... Até pra vender tem que ir no KUMON???????????
Eu: 
- Tem sim filha!
Isabela: 
- Ah tá. (com uma cara de desapontamento sem igual)

kkkkk, tipo assim, se pra ser vendedora não preciso ir naquela chatice de kumon então vou querer ser vendedora....kkkkkk


Dia 03/10/2011
Vovó Ceci:
- Isabela, você vai ser médica quando crescer?
Isabela: 
- Vou ser médica de criança, pediatra, aí posso cuidar do Matheus quando ele ficar doente....
kkkkkkkkk
  

Dia 08/10/2011 – Isabela com 5 anos e quase 4 meses
Estávamos tomando café da manhã hoje na casa do Vovô Darcy e da Vovó Jandyra. Isabela, Matheus e André estavam de um lado da mesa e eu no outro.... Isabela diz:
- A mamãe tá sentada sozinha tadinha...
E completa:
- Mamãe, não fica triste não. O DEUSINHO tá sentado aí do seu lado!!!!!

Demais né gente....
Ainda tem várias depois destas, vou postar logo logo.



quarta-feira, 27 de julho de 2011

A casa arrumada...

Carlos Drummond de Andrade (1902-1987)

Casa arrumada  é assim:

Um lugar organizado, limpo, com espaço livre pra circulação e uma boa entrada de luz.

Mas casa, pra mim, tem que ser casa e não um centro cirúrgico, um cenário de novela.

Tem gente que gasta muito tempo limpando, esterilizando, ajeitando os móveis, afofando as almofadas...

Não, eu prefiro viver numa casa onde eu bato o olho e percebo logo:

Aqui tem vida...

Casa com vida, pra mim, é aquela em que os livros saem das prateleiras e os enfeites brincam de trocar de lugar.

Casa com vida tem fogão gasto pelo uso, pelo abuso das refeições fartas, que chamam todo mundo pra mesa da cozinha.

Sofá sem mancha?

Tapete sem fio puxado?

Mesa sem marca de copo?

Tá na cara que é casa sem festa.

E se o piso não tem arranhão, é porque ali ninguém dança.

Casa com vida, pra mim, tem banheiro com vapor perfumado no meio da tarde.

Tem gaveta de entulho, daquelas que a gente guarda barbante, passaporte e vela de aniversário, tudo junto...

Casa com vida é aquela em que a gente entra e se sente bem-vinda.

A que está sempre pronta pros amigos, filhos...

Netos, pros vizinhos...

E nos quartos, se possível, tem lençóis revirados por gente que brinca ou namora a qualquer hora do dia.

Casa com vida é aquela que a gente arruma pra ficar com a cara da gente.

Arrume a sua casa todos os dias...

Mas arrume de um jeito que lhe sobre tempo pra viver nela...

E reconhecer nela o seu lugar

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Visita ao pediatra

Matheus está com 5 meses e meio. Está enorme. Hoje fomos no pediatra e ele está pesando 8.710kilos e medindo 70cm. Engordou 1 kilo e 300 gramas em 1 mês e cresceu 3cm. É mtoooooooooooooo!
Hoje introduzimos frutas na alimentação que era só de leite.
Iniciei com mamão. ele lambeu os beiço....rs, literalmente, podem conferir.

video

Convencida ou Conformada?????????

Tava aqui pensando... acho que devo parar de falar que ela é linda....rs!
video

sábado, 23 de julho de 2011

Amor, meu grande amor....





Meu amor, meu grande amor! amor puro, amor sincero, amor escancarado, amor forte, de ferro... amor pra sempre!!!!! Agradeço a Deus todos os dias por ter "esbarrado" em vc na faculdade, por Deus ter nos mantido por perto até o "momento certo" da gente se agarrar e nunca mais largar..... 
Ai como eu te amo...te amo pra sempre...te amo demais!

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Mais um da vida lá em casa....


Espirituosa que só ela..... Minha tagarela-agitada-superativa-esperta-criativa-espivet​ada-energizada-dapávirada-nãofechaamatraca-nãocansanuncaaaaaa filha de 5 anos....risos!

Depois de uma eternidade.....

Nossa gente, parece que faz uma eternidade que não posto....

Faz??????
Faz, faz mesmo uma eternidade...tanta coisa aconteceu desde que postei pela última vez... Estou aqui em Ribeirão Preto, maridão está na Pós, Matheus já está dormindo, Isabela está quase dormindo no sofá, são 20:38 e aqui estou eu.... parece que finalmente encontrei um tempinho para postar... opa, pera lá!
Isabela acabou de falar:
-Mãe, vamos dormir!!!!!!!!
Risos

Pelo jeito não consegui o tempo não, foi uma doce ilusão! amanhã tento novamente, sabem como é, quase não sobra tempo pra esta gatinha entre trabalho, casa, Matheus que toma muitooooooooooo tempo, marido, estudos, etc..... Vou lá, não dá pra negar um pedido deste, e confesso que vou curtir ficar com ela na cama um pouco e sabem o que vai acontecer?
Pra quem acordou as 5:30 da manhã, pra dar mamá, e se arrumar, estar no trabalho as 7:00 da matina....... vou acabar dormindo tb!
Bjos a todos, Saudades de vcs!
Juro que tento voltar amanhã, quem sabe amanhã tenho uma brechinha maior!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

terça-feira, 10 de maio de 2011

Pérolas da Isabela

Estávamos em Ribeirão no apartamento da minha vó e quando íamos sair falei para a Isabela ir chamando o elevador. Ela me olhou meio desconfiada, mas eu nme me toquei....
Ela abriu a porta, e ouço a voz dela em alto e bom tom:
-ELEVADOOOOOOOR!!!!!!


Hahahaha, queria tanto ter filado esta cena!!!! Risos
Bjos a todassssssssssss

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Minha vida em Imagens....





































Fotos By: Luciana Vargas
Lu Vargas Fotografias
Contatos: E-mail -  luluvargas@terra.com.br
Facebook: http://www.facebook.com/profile.php?id=100000328611764

terça-feira, 19 de abril de 2011

Opção de escolha para seus filhos....

Chega uma fase que quase toda mãe passa pela teimosia do filho.... eles ficam teimosos e tendem à enfrentar as ordens e comandos dos pais... O que fazer para combater isso com menos brigas, discussões e gritarias?
Eu faço isso e sempre deu super certo. Claro que tem dias que nada funciona, mas vale a pena conferir....
Ao invés de dar ordens precisas ao seu filho dê a ele algumas opções de escolha, para que ele se sinta poderoso, para que ele sinta que foi ele quem tomou a decisão...
O segredo é dar no máximo três opções, que sejam pré-aprovadas por você. Numa noite de frio, por exemplo, não pergunte "Que pijama você quer pôr?", e sim escolha os dois mais quentinhos e pergunte "Qual dos dois você quer pôr?".

Opção de escolha:
Ao invés de mandar seu filho escovar os dentes, diga:
- Você quer escovar os dentes com a escova do Bob Esponja ou a da Barbie?

Ao invés de mandar dormir, vc diz:
Vamos ver quem chega primeiro no quarto e acha o pijama azul primeiro e deita na cama para dormir?

Faça com que seu filho acredite que ELE fez a escolha....
Esta técnica pode ser usada para tudo:

Na hora de se vestir, separe 2 peças de roupas e deixe ele escolher.
Faça o mesmo com os sapatos....

Na hora do banho, desafie-o. Fale assim:
Vamos ver quanto tempo você leva para lavar seus pés? Quem coloca o xampoo e quem esfrega o cabelo???

Na hora da comida: quantas colheradas de comida tem no prato? Quantas cores? E ele tem que ir comendo e vcs contam para ver quantas colheradas tem....

Para ajudá-lo a se sentir "poderoso", deixe-o escolher algumas coisas: o pijama, a história que quer ouvir, a música..
Uma das coisas que aprendi na vida é que nem tudo deve ser levado a ferro e fogo! Quando somos flexíveis tudo flui melhor.... 

Tentem e depois me ontem suas experiências!!!
Bjos 

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Gratidão!


O homem por detrás do balcão olhava a rua de forma distraída. Uma garotinha se aproximou da loja e amassou o narizinho contra o vidro da vitrine.

Os olhos da cor do céu, brilhavam quando viu um determinado objeto.
Entrou na loja e pediu para ver o colar de turquesa azul.

- É para minha irmã. Pode fazer um pacote bem bonito?, diz ela.

O dono da loja olhou desconfiado para a garotinha e lhe perguntou:
- Quanto de dinheiro você tem?

Sem hesitar, ela tirou do bolso da saia um lenço todo amarradinho e foi desfazendo os nós. Colocou-o sobre o balcão e feliz, disse:
- Isso dá?

Eram apenas algumas moedas que ela exibia orgulhosa.
- Sabe, quero dar este presente para minha irma mais velha. Desde que morreu nossa mãe ela cuida da gente e não tem tempo para ela. É aniversário dela e tenho certeza que ficará feliz com o colar que é da cor de seus olhos.

O homem foi para o interior da loja, colocou o colar em um estojo, embrulhou com um vistoso papel vermelho e fez um laço caprichado com uma fita verde.

- Tome!, disse para a garota. Leve com cuidado.

Ela saiu feliz saltitando pela rua abaixo. Ainda não acabara o dia quando uma linda jovem de cabelos loiros e maravilhosos olhos azuis adentrou a loja. Colocou sobre o balcão o já conhecido embrulho desfeito e indagou:

- Este colar foi comprado aqui?
- Sim senhora.
- E quanto custou?
- Ah!, falou o dono da loja. O preço de qualquer produto da minha loja é sempre um assunto confidencial entre o vendedor e o cliente.
A moça continuou:
- Mas minha irmã tinha somente algumas moedas! O colar é verdadeiro, não é?
Ela não teria dinheiro para pagá-lo!
O homem tomou o estojo, refez o embrulho com extremo carinho, colocou a fita e o devolveu à jovem.
- Ela pagou o preço mais alto que qualquer pessoa pode pagar. ELA DEU TUDO O QUE TINHA.
O silêncio encheu a pequena loja e duas lágrimas rolaram pela face
emocionada da jovem enquanto suas mãos tomavam o pequeno embrulho.

"Verdadeira doação é dar-se por inteiro, sem restrições.
Gratidão de quem ama não coloca limites para os gestos de ternura.
Seja sempre grato, mas não espere pelo reconhecimento de ninguém.
Gratidão com amor não apenas aquece quem recebe, como reconforta quem oferece."

terça-feira, 12 de abril de 2011

Eu sou a melhor mãe que posso ser!


Sempre gostei de livros de puericultura, de educação infantil.... Sempre tive certeza que nasci para ser mãe. eu costumava dizer na minha adolescência que se eu tivesse 2 vidas, em uma delas eu teria sido mãe com 15, 16 anos.... Desde essa época eu já sonhava com a maternidade e em ser mãe....
Outro dia, há uns 2 anos atrás encontrei uma agenda (eu costumava escrever em agendas, estilo diário, toda minha adolescência e tenho eles guardados até hoje) e nela estava escrito assim:
" SEREI MÃE AOS 30. E MINHA FILHA SE CHAMARÁ ISABELA"
Exatamente deste jeito, com estas palavras.... desde sempre soube que seria mãe de uma menina e que ela se chamaria Isabela..... E assim fo... fui mãe aos 30....da Isabela!
Quando decidi começar a tentar engravidar, foi rápido.... no segundo mês engravidei, e nunca tive um segundo de dúvida de que estava grávida da ISABELA!!!! Era claro na minha cabeça...
Durante toda a gravidez me preparei muito. Eu era a própria SUPER NANNY! Hhahahahahaha. Li muitos livros, me preparei, sabia TUDO na teoria. Escutei muita música clássica. Falava com muito orgulho sobre as coisas que sabia, as teorias, como fazer um bebê dormir a noite inteira...
Tinha algumas convicções como:
Minha filha não usaria chupeta, eu nem comprei.
Minha filha não tomaria leite na mamadeira, passaria do peito direto pro copo.
Minha filha dormiria a noite inteira 
Minha filha não seria acostumada ao colo
Minha filha dormiria no quarto dela desde o início e nunca dormiria no meu quarto para não acostumar
Minha filha seria super educada
Eu não sofreria com a amamentação e que amamentar seria delicioso desde o início....
Entre todas estas convições
Quando ela nasceu me senti completa. Minha necessidade em ser mãe estava completa, estava realizada. 
Aí ela nasceu..... Percebi que a teoria é muito diferente da prática. Ela trocou o dia pela noite na primeira semana, fiquei sem dormir, fiquei com medo de não estar fazendo a coisa certa. Ela acabou dormindo a noite inteira desde a 9a. noite. Assim como eu fui quando bebê, exatamente na 9a. noite....
Eu também queria poder ficar em casa para cuidar dela o tempo todo.... mas não pude... assim como muitas famílias brasileiras nosso estilo de vida depende das rendas minha e do meu marido.... sou menos mãe por isso??????? Não...
Uma das coisas que tento ensinar à minha filha e acho importante é a não julgar as pessoas.... Acho o preconceito e o pré-julgamento coisas horríveis.... odeio preconceito, julgamento... não julgo, aceito as pessoas como elas são e espero que meus filhos também sejam assim.....
Ao contrário das minhas convicções  Isabela começou a chupar o dedo e tive que dar a chupeta, acabei dando a mamadeira aos 8 meses quando desmamei, peguei ela no colo todas as vezes que senti vontade, deixei ela dormir no meu quarto diversas vezes e ainda deixo quando ela me pede, o que é raro, não é super educada.... assim como toda criança ela passou pela fase da birra de se jogar no chão, mas segui a teoria e a deixei (com o coração na mão) fazendo birra sozinha..... chegou na fase da malcriação, e ainda estou tentando aplicar a teoria para combater este mal...
Agora ela é a irmã mais velha.... e esta na fase do ciúme embutido, esta na fase de marcar território, de brigar pelo seu espaço na vida e no coração de mim e do André....
Voltando um pouco no tempo... eu sempre disse que seria mãe somente da Isabela. Realmente esta sempre foi a minha vontade, não sentia vontade e me completava só com ela.....
Um dia, falei para uma mãe de uma amiga que não queria mais ter filhos e ela me disse:
- Você não acha que é muito egoísmo da sua parte não dar um irmão para a Isabela??? Quando vocês se forem ela ficará só no mundo. Pense nisso.
Esta frase nunca saiu da minha cabeça....
Um dia estava eu e o André conversando na cozinha após o jantar e eu estava explicando para ele porque não queria mais filhos, além do fator financeiro, eu e ele trabalhamos, blá blá blá..... E ele começou a chorar e me disse que queria muito um filho...... Aquela cena me cortou o coração e eu disse que iria pensar no assunto. E nos próximos meses a vontade foi surgindo...
A Isabela me pedia muito um irmão.... para ela sempre foi um irmão, um menino. Ela nem queria ouvir que pudesse ser uma menina. Aí comecei a me recordar que na época que eu jogava aquele jogo THE SIMS, minha família era sempre eu, meu marido, e meus filhos, ISABELA e MATHEUS...
Aí resolvemos tentar.... e para minha surpresa engravidei no primeiro mês. Já contei aqui sobre como tudo aconteceu e a situação do André.... Então foi uma grande surpresa....
Enfim, hoje já não imagino minha vida sem meus 2 filhos... Digo DIARIAMENTE que os amo muito!!!!!! Respeito sua opiniões, escuto o que querem dizer......
Não sou uma mãe perfeita, não faço tudo como manda a super nanny.... mas com certeza...
... SOU A MELHOR MÃO QUE POSSO SER!!!! Quero que eles sejam pessoas honestas, bondosas, solidárias, livres de preconceitos e julgamentos, quero que sejam pessoas positivas e alegres, bem humoradas e que sejam realmente felizes consigo mesmos! Quero que pensem no próximo e lutem pela paz interior! No final das contas é isso que importa a vida!
Quando acerto, vibro...
Quando erro, é tentando acertar!!! E assim sigo, cada vez mais humana, mais realizada!!!!

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Pérolas da Isabela

Desde sempre ensino umas palavras em inglês para a Isabela e brincamos assim:
_ Isa, vai lá dar um beijo no "nose" do papai. Aí ela vai e beija o nariz dele.
- Isa, vai lá e faz cócegas no "foot" do papai...

E ficamos nesta brincadeira e ela aprende....
Para quem não sabe eu morei nos Estados Unidos alguns anos da minha vida e sempre tentei falar inglês com ela....
Aí quando estávamos brincando hoje ela disse assim:
- Mãe, aonde você nasceu?
Eu:
- Em Ribeirão Preto filha, porque?
- Nossa, lá fala inglês????????????

Hahahahahaha

quarta-feira, 6 de abril de 2011

A vida lá em casa....


Agora é assim... quando dou atenção para uma, o outro chama minha atenção... e quando dou atenção para um, a outra me chama a atenção...e que bronca eu levo...risos!!!!!

terça-feira, 5 de abril de 2011

Pérolas da Isabela

Faz tanto tempo que não posto pérolas da Isabela.... ela está crescendo e as pérolas estão ficando mais raras cada dia que passa.....
Vamos lá, hoje tenho 2 pérolas....

1. A Isabela está fazendo kumon desde o ano passado e tem aprendido os números. Aí, ela conta super bem até o número 29. Conta, escreve,,,, mas aí olhem o que ela disse outro dia quando estava fazendo a tarefa com la e tinham 30 bolinhas para ela contar....
- vinte e seis, vinte e sete, vinte e oito, vinte e nove e ??????????
Sem hesitar ela logo disse toda orgulhosa:
- VINTE E DEZZZZZZZZZZZ!!!!!
Hahahaha, fofa demais!

2. Este final de semana estávamos almoçando na casa da minha sogra e ela estava brincando ao lado da televisão aonde minha cunhada estava ouvindo os números da telesena. Então o apresentados falava assim:
- 3, 8, 15, 19, 23, 25, 48, 59......
De repente ela olhou pra televisão e disse:
- Nossa mãe, ele conta tudo errado né!!!!!!
Hahahahahahaha

terça-feira, 29 de março de 2011

PENSAR É TRANSGREDIR – Lya Luft




Não lembro em que momento percebi que viver deveria ser uma permanente reinvenção de nós mesmos — para não morrermos soterrados na poeira da banalidade embora pareça que ainda estamos vivos. 
Mas compreendi, num lampejo: então é isso, então é assim. Apesar dos medos, convém não ser demais fútil nem demais acomodada. Algumas vezes é preciso pegar o touro pelos chifres, mergulhar para depois ver o que acontece: porque a vida não tem de ser servida como uma taça que se esvazia, mas como o jarro que se renova a cada gole bebido. 
Para reinventar-se é preciso pensar: isso aprendi muito cedo. 
Apalpar, no nevoeiro de quem somos, algo que pareça uma essência: isso, mais ou menos, sou eu. Isso é o que eu queria ser, acredito ser, quero me tornar ou já fui. Muita inquietação por baixo das águas do cotidiano. Mais cômodo seria ficar com o travesseiro sobre a cabeça e adotar o lema reconfortante: "Parar pra pensar, nem pensar!" 
O problema é que quando menos se espera ele chega, o sorrateiro pensamento que nos faz parar. Pode ser no meio do shopping, no trânsito, na frente da tevê ou do computador. Simplesmente escovando os dentes. Ou na hora da droga, do sexo sem afeto, do desafeto, do rancor, da lamúria, da hesitação e da resignação. 
Sem ter programado, a gente pára pra pensar. 
Pode ser um susto: como espiar de um berçário confortável para um corredor com mil possibilidades. Cada porta, uma escolha. Muitas vão se abrir para um nada ou para algum absurdo. Outras, para um jardim de promessas. Alguma, para a noite além da cerca. Hora de tirar os disfarces, aposentar as máscaras e reavaliar: reavaliar-se. 
Pensar pede audácia, pois refletir é transgredir a ordem do superficial que nos pressiona tanto. 
Somos demasiado frívolos: buscamos o atordoamento das mil distrações, corremos de um lado a outro achando que somos grandes cumpridores de tarefas. Quando o primeiro dever seria de vez em quando parar e analisar: quem a gente é, o que fazemos com a nossa vida, o tempo, os amores. E com as obrigações também, é claro, pois não temos sempre cinco anos de idade, quando a prioridade absoluta é dormir abraçado no urso de pelúcia e prosseguir, no sono, o sonho que afinal nessa idade ainda é a vida. 
Mas pensar não é apenas a ameaça de enfrentar a alma no espelho: é sair para as varandas de si mesmo e olhar em torno, e quem sabe finalmente respirar. 
Compreender: somos inquilinos de algo bem maior do que o nosso pequeno segredo individual. É o poderoso ciclo da existência. Nele todos os desastres e toda a beleza têm significado como fases de um processo. 
Se nos escondermos num canto escuro abafando nossos questionamentos, não escutaremos o rumor do vento nas árvores do mundo. Nem compreenderemos que o prato das inevitáveis perdas pode pesar menos do que o dos possíveis ganhos. 
Os ganhos ou os danos dependem da perspectiva e possibilidades de quem vai tecendo a sua história. O mundo em si não tem sentido sem o nosso olhar que lhe atribui identidade, sem o nosso pensamento que lhe confere alguma ordem. 
Viver, como talvez morrer, é recriar-se: a vida não está aí apenas para ser suportada nem vivida, mas elaborada. Eventualmente reprogramada. Conscientemente executada. Muitas vezes, ousada. 
Parece fácil: "escrever a respeito das coisas é fácil", já me disseram. Eu sei. Mas não é preciso realizar nada de espetacular, nem desejar nada excepcional. Não é preciso nem mesmo ser brilhante, importante, admirado. 
Para viver de verdade, pensando e repensando a existência, para que ela valha a pena, é preciso ser amado; e amar; e amar-se. Ter esperança; qualquer esperança. 
Questionar o que nos é imposto, sem rebeldias insensatas mas sem demasiada sensatez. Saborear o bom, mas aqui e ali enfrentar o ruim. Suportar sem se submeter, aceitar sem se humilhar, entregar-se sem renunciar a si mesmo e à possível dignidade. 
Sonhar, porque se desistimos disso apaga-se a última claridade e nada mais valerá a pena. Escapar, na liberdade do pensamento, desse espírito de manada que trabalha obstinadamente para nos enquadrar, seja lá no que for. 
E que o mínimo que a gente faça seja, a cada momento, o melhor que afinal se conseguiu fazer.