sexta-feira, 11 de junho de 2010

Á caminho do laboratório...

É, agora começa o pré-natal, né..... rs
Estou aqui esperando o maridão descer para irmos ao laboratório....
Faço meus primeiros exames hoje e ele me acompanha para fazer a tipagem sanguínea dele tb para confirmarmos o tipo sanguíneo dele e meu. Além disso, faço hemograma completo, exame de ferro e vitaminas... não quero que falte nada para meu bebêzinho lindo!!!!


Agora que estou na minha segunda gestação, minha amiga que é médica hematologista e acompanha minha gestação (pq na da isabela tive uma leve anemia) me disse que temos que saber nosso tipo sanguineo, mãe e pai pq pode haver incompatibilidade de RH entre eu e o bebê e se for o caso pode trazer risco para o bebê,,,, Vcs sabiam disso?


Leiam aqui o que eu achei sobre o assunto:
Tudo parece estar a correr bem com a sua gravidez. Após os testes normais, surge a questão do médico: 'Qual o seu tipo de sangue e o do pai da criança?'. A resposta pode vir rápida ou com alguma hesitação e, à primeira vista pode não parecer muito importante.
O seu sangue pode ser A, B ou O, numa categoria, e Rh+ (o que significa que tem no sangue uma substância chamada factor D) ou Rh- (se não tiver o factor D).

Se a mãe for Rh+ e o bebé for Rh-, não se coloca qualquer problema, o mesmo acontecendo nos casos de ambos serem Rh+ ou Rh-.

Uma mãe com factor Rh- e que tenha uma gestação com um homem com factor Rh+, tem probabilidades de gerar um feto com o factor Rh+ (herdado do pai), o que irá criar a chamada incompatibilidade sanguínea.

A dificuldade é criada quando o sangue do bebé se mistura com o sangue da mãe. As circulações sanguíneas da mãe e do feto ocorrem em vasos sanguíneos completamente independentes, mas esses vasos estão muito próximos da placenta. Esta pode sofrer pequenas rupturas, que fazem com que as células sanguíneas do bebé penetrem na circulação da mãe. O que acontece nestes casos é que o organismo da mãe reconhece essas células como corpos estranhos e vai gerar anticorpos (anti-D) que vão atacar os glóbulos vermelhos do bebé.

As consequências deste ataque podem levar ao falecimento do bebé na gestação ou após o nascimento, ou podem resultar num recém-nascido com grave icterícia, com um acompanhamento de deficiência mental, paralisia cerebral e surdez (Eristroblastose fetal).

Em casos em que a criança nasce afectada, pode mesmo realizar-se uma transfusão total de sangue Rh-, que não será destruído pelos anticorpos da mãe, transfusão pode ser efectuada com o feto ainda no útero.

Os casos de incompatibilidade são menos graves para o primeiro filho, mas os anticorpos gerados permanecem no organismo da mãe e se esta voltar a ficar grávida de um bebé Rh+, poderão facilmente atravessar a placenta e atacar os glóbulos vermelhos. A gravidade da enfermidade depende ainda do grau de sensibilização da mãe.

Hoje em dia já é possível detectar esses problemas, após determinados exames específicos para o caso, e pode ser aplicada uma vacina, geralmente na 28a. semana de gestação.

Outro tratamento adicional para as mulheres nesta situação passa pela utilização de uma substância conhecida como gamaglobulina anti-Rh, administrada à mãe no espaço de 72 horas após o parto.

Trata-se de um concentrado que vai bloquear o processo de sensibilização que produz os anticorpos contra o sangue do bebé, revestindo todas as células Rh+ que penetram na sua circulação e impedindo-as de dar origem à produção de anticorpos.

Os casos de incompatibilidade entre mãe e feto têm uma incidência calculada em um para cada 150 a 200 nascimentos. Foi em 1932 que Louis Diamond diagnosticou pela primeira vez a incompatibilidade sanguínea, conhecida como factor Rh.

Bom, então bora lá fazer o exame.... O Maridão tá descendo....
Bjos flor!!!
Adorei todos os comentários, estou meio aérea, tão passada, tão feliz..................... Amei os votos de felicidades de todas vcs!!! De verdade! 

Ana Paula Soares

13 comentários:

  1. Oi linda..passei por aqui com um pouquinho de preça hoje porque estou indo pro escritório..mas desejo à vc ,ao bêbê e toda a família muita luz nessa nova e feliz etapa de vida..que acho presente divino em nossas vidas o fato de ser mãe e que, esta criança venha com muita saúde,porque o resto Deus também providencia!
    bjos com carinho!
    Regiana

    ResponderExcluir
  2. Oi Ana querida, Parabéns!!! Vc vai ser mamãe de novo... que sonho!!!! Deus te abençoe muito muito muito.... bjusssssss

    ResponderExcluir
  3. Muito bem, mãezona!
    Se cuidando geral! bjs

    ResponderExcluir
  4. Ai Ana quanta felicidade!! Até me arrepiei lendo os outros post que havia perdido!! Ai meu Deus eu fico tão feliz quando vejo alguém gravida e feliz então é melhor ainda!
    Que seja uma benção e muito tranquila e feliz sua gestação. Que seja abençoada por Deus sua familia tão linda de se ver!!
    Ai da vontade de chorar sabia?! Juro estou muito feliz!!!!
    Se a belinha já tem um monte de titias virtuais imagina esse bebê como não vai ter? hahahaaha

    Um super beijoooo e muitas mas muitas alegrias!!!
    Meus parabéns a essa familia modelo.

    ResponderExcluir
  5. Agora começa!! Exames, vitaminas, ultras, ansiedade pra saber o sexo!! Isso ai, se cuida direitinho!! Vou babar aqui de camarote!! BjAO

    ResponderExcluir
  6. Isso do fator Rh é um perigo, eu já sabia desse risco. Felizmente, acho que hoje pelo menos já está sendo bem mais divulgado, até as escolas falam bastante disso nas aulas de biologia, quando os adolescentes aprendem as primeiras noções de genética. É bom porque esse tipo de informação tem que ser bem acessível, e foi legal sua iniciativa de falar no assunto.

    Obrigada pela visita e pelo comentário! Bjos

    ResponderExcluir
  7. É verdade...
    Muita gente não sabe disso.
    Ótimo divulgar esse assunto, Ana!
    Tô tão feliz de "acompanhar" sua gravidez desde o iniciozinho...rs
    Parabéns mais uma vez!

    ResponderExcluir
  8. Olá...
    sigo seu blog a um tempinho, mas não me lembro se comentei já...kkkkkkkkkkk
    amo as perolas da Isa...heheheh
    e fiquei feliz ao saber da sua gravidez!!!
    Parabens viu!!
    Olha quanto a tipagem sanguínea, eu sabia dos riscos, graças a Deus eu e meu marido temos o mesmo tipo, e é positivo!!!
    Mas muito legal ler mais sobre isso!!!
    Bjos e bons exames

    ResponderExcluir
  9. Olá Ana Paula! Acabo de descobrir sua gestação, parabéns viu linda e que Deus abençoa esse grande momento.Bjs

    ResponderExcluir
  10. E já nasce uma mamae, é assim mesmo, exmaes, vitaminas, comida boa e toda hora, etc...
    A vkida de gravida é uma delicia.
    E este lance do tipo sanguineo eu já sabia. a irma da minha comadre teve que tomar injecao por que ela tem o RH negativo...
    O lance todo é se cuidar !!!

    Bjks !!!

    ResponderExcluir
  11. Este assunto eh importantissimo...
    Muita gente não dá valor...
    Em minha primeira consuta meu GO já foi perguntando meu tipo de sangue e do maridão tbm!! ... Axo que logo pedirá exame de sangue tbm!!

    Beijos...

    ResponderExcluir
  12. AMIGAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
    mosquei e nao tava sabendo dessa novidade maravilhosa!!!
    Parabens minha florzinha... Que essa gravidez seja maravilhosa e que corra tudo bem...
    Eba... adoooooooro acompanhar as gravidinhas...
    Beijao

    ResponderExcluir
  13. Oi Ana ,
    Estou passando por aqui pra deixar um SUPER PARABÉNS para Isabela , é hoje o aniversário dela né ? muita saúde pra sua princesa !
    E que presentão vcs deram pra ela né ? Com certeza ela vai curtir pra caramba a chegada do bebê .
    Beijos para os quatro !!!

    ResponderExcluir